quinta-feira, 23 de julho de 2009

Entrega das Doações: Casa de Apoio à Criança com Câncer - São Vicente de Paulo




Imagem capturada da Internet



Hoje foi um dia muito especial, pois estivemos envolvidos com a entrega das doações da Campanha de Solidariedade, com o passeio ao Jardim Botânico, entre outros assuntos pendentes acerca da mesma.

Lamentavelmente, muitos alunos não compareceram e, por isso, não puderam participar da entrega das doações e, muito menos, do passeio ao Jardim Botânico do Rio de Janeiro.

Alguns já haviam me informado sobre a impossibilidade de ir (consulta médica, viagem etc.) e outros se mostraram desestimulados a partir do cancelamento e transferência do passeio ocorrido na última 3ª feira (21/07). Verdadeiramente foi uma pena!

Eu já estava chateada pela questão do horário do ônibus: fomos informados que o tempo disponibilizado com o ônibus era de 7h30min às 13h (horário de chegada na escola).

A minha preocupação era em razão do engarrafamento da Linha Vermelha ou da Avenida Brasil na parte da manhã.

O nosso plano era entregar, primeiro, as doações à Casa de Apoio à Criança com Câncer – São Vicente de Paulo, no bairro de Irajá e, depois, visitação ao Jardim Botânico.

Quando eu cheguei à escola soube que ônibus estava na praça, em um ponto distante da Unidade Escolar. Fui até lá para pedir ao motorista que estacionasse perto da escola devido as caixas e os sacos com os donativos.

Só que o motorista não se encontrava no local e eu fiquei o aguardando, junto ao veículo, depois de procurá-lo também no Posto de Combustível.

Nisso apareceu o aluno Marcus Vinícius Muniz Lobato dizendo que tinha uma péssima notícia: na hora de pegarem as caixas, eles perceberam que uma caixa com leite em pó destinada ao Hospital Mário Kroeff havia ficado (a entrega das doações ao referido hospital foi feita no dia 20).

Lamentei e respondi que a saída seria voltar ao hospital e entregá-la. O que fazer? Só isso, mesmo!

Marcus Vinícius voltou à escola e eu continuei esperando. A aluna Camila Nascimento da Costa chegou e ficou me fazendo companhia. Nisso, chegou o motorista, o Sr. Edmar.

Quando eu pedi para ele confirmar o horário do regresso à escola, quase “desmaiei”, pois este me respondeu “12 horas” e mostrou o documento que comprovava a sua resposta.

Expliquei a minha preocupação em relação ao curto tempo no Jardim Botânico mediante o congestionamento diário e este se mostrou solidário às nossas intenções.

Ele, prontamente, ligou para a empresa do ônibus (Cruzeiro do Sul) e perguntou sobre a possibilidade de estender o horário para - pelo menos - 13 horas. Solicitação aceita, para a minha alegria e da Camila, as primeiras a saberem do curto tempo previsto, inicialmente.

O ônibus foi para perto da escola e, por causa do adiantado da hora, eu não pude conferir todas as caixas e sacos com os donativos. Confiei nos “meninos”.

Chamei, nominalmente, cada aluno para entrar no ônibus a partir das autorizações assinadas e entregues. Foram apenas 21 (vinte e um) alunos, eu e uma mãe, srª. Maria de Fátima Silva Rosendo de Oliveira, responsável da aluna Victória da Silva Oliveira.

A Galera da Turma 1801


Os alunos Jhonatas e Agatha Cristina, tranquilos, tranquilos


O sorriso bonito do aluno Reinaldo Oliveira e a galera atrás



O aluno Lucas Melo estava quieto, no seu canto (Milagre!)



Responsável de aluna: Srª Maria de Fátima Silva Rosendo de Oliveira




Sr. Edmar - Motorista da Cruzeiro do Sul

Ao chegarmos à Casa de Apoio à Criança com Câncer – São Vicente de Paulo, o ônibus teve que estacionar do outro lado da calçada, o que acabou implicando em uma maior atenção com os alunos na hora da travessia da rua, uma vez que esta é muito movimentada.

Tudo correu muito bem. Os funcionários e até alunos ajudaram a transportar os donativos para o interior da Instituição.

Foi, justamente, neste momento que eu percebi que os alunos esqueceram de pegar a sacola com as roupas e acessórios, bem como a boneca grande e uma sacola branca com alguns brinquedos de pelúcia.


Momento da chegada na rua da Casa de Apoio à Criança com Câncer - São Vicente de Paulo


A responsável do dia pela Casa de Apoio e que nos atendeu foi a Srª. Gleidi Corrêa. Esta se mostrou bem atenciosa conosco, apesar de se encontrar atribulada com obras, por quais a Instituição está passando.

Foram entregues 1.193 unidades de gelatinas (a maioria de coloração vermelha, porém outras de sabor limão, maracujá etc.); 51 sacos e/ou latas de leite em pó (sendo 1 lata de Leite Molico Desnatado); 02 unidades de Achocolatados (1 lata de Nescau e 1 saco de Amigo); Brinquedos diversos, as roupas e acessórios (que ficaram na escola junto com uma boneca e uma outra sacola de brinquedos).

Eu a comuniquei sobre a falta das sacolas e me prontifiquei de levá-los amanhã, 6ª feira (24/07).

Algumas crianças brincavam no pátio interno. Todas, segundo a srª. Gleidi Corrêa, doentes (câncer). Segundo a mesma, três idosos também se encontravam alojados na Casa, pois moram longe (bairros distantes e até outros municípios do Rio de Janeiro) e precisam de - pelo menos – quinze dias para fazer o tratamento no hospital.

Os alunos tiraram fotos, mas não com as crianças, pois estas se negaram. Vergonha ou não, nós respeitamos. Um menino chegou a levar os alunos a conhecer as dependências da Casa de Apoio e eles, inclusive, viram um dos idosos.


Os alunos com a Srª Gleidi Corrêa (com touca na cabeça)






Os donativos

Despedimos-nos com o convite para voltarmos em outras ocasiões e, inclusive, com a informação que a Instituição promove uma festa para os aniversariantes do mês sempre no último sábado (das 14h às 17h).

Cada aluno recebeu um folder da Instituição e eu recebi uma quantidade maior para expor e distribuir na escola.

Saímos de lá e fomos direto ao Jardim Botânico. Chegamos às 10h 07min e combinamos com o Sr. Edmar, o motorista do ônibus, de retornarmos ao ponto de encontro às 12 h.

A visitação ao Jardim Botânico merece outra postagem... Foi super legal e proveitosa. Um segundo responsável veio até o grupo, o pai da aluna Bruna Kelly, que trabalha perto do Jardim Botânico e ficou com o grupo até o final da visitação.


A partida



O nosso ônibus

Documento entregue à Instituição (Casa de Apoio São Vicente de Paulo)

Detalhe dos itens doados

No retorno à escola, os alunos Camila Nascimento e Gabriel Novaes se ofereceram a me acompanhar ao Hospital Mário Kroeff para entregar a caixa com os leites em pó.

Quando chegamos em Bonsucesso, próximo à escola, o Sr. Edmar se ofereceu para nos deixar perto do hospital, pois era o caminho dele em direção à empresa do ônibus.

Os alunos desceram do ônibus e a grande maioria foi embora direto para casa, enquanto algumas alunas, cujas mães se prontificaram a ir buscá-las, ficaram com a Srª. Maria de Fátima, aguardando-as.

No hospital, eu e os alunos Camila e Gabriel entregamos a caixa a um funcionário da cozinha.

Os alunos e o funcionário da Cozinha, que recebeu a caixa com leite em pó

A Srª. Sueli Citrangolo apareceu depois e eu comuniquei o ocorrido (esquecimento da caixa). Registramos tudo através de fotos.

Através desta nova vinda descobrimos que, todas às quinta feiras, há uma feirinha de artesanato no hospital, com produtos feitos pelos pacientes e outros, assim como consegui anotar as referências quanto aos bustos existentes no pátio interno do hospital.


No centro, busto do Professor, médico e patrono do Hospital, Mário Kroeff (1891-1983);

à direita, o busto do Prof. Jorge de Marsillac (Presidente da A.B.A.C) e

à esquerda, a do Prof. Alberto Coutinho ( 1902-1984) - pioneiro do ensino da Cancerologia no Brasil

Saímos do hospital e fomos para o centro da Penha, em frente a estação ferroviária. O nosso objetivo era tirar foto com o gerente do Supermercado SuperPrix, Sr. Eronides Silva.

Foi ele que recebeu, de minhas mãos, o ofício da Unidade Escolar solicitando contribuição quanto às doações de gelatina e que fez o encaminhamento à Central da rede de supermercado. Através dele obtivemos 1.530 unidades de gelatinas (quantidade esta, dividida entre as duas Instituições beneficiadas).


Sr. Eronides Silva, eu e os alunos



Supermercado SuperPrix, localizada na Rua Nicarágua, n° 294,

em frente a Estação Ferroviária da Penha

Missão cumprida! Enfim, retornamos à escola. Os alunos foram para suas respectivas residências, enquanto eu ainda fui falar com a Coordenadora Pedagógica, Márcia Ruggi, bem como as Professoras Sandra Amadeu e Margarida.

Na saída, encontrei-me com a Diretora Geral, Angela Gaeta, que perguntou sobre o passeio e a entrega das doações. Quando comentei sobre as sacolas esquecidas, esta se prontificou a nos levar de carro (eu e mais dois alunos), amanhã, na Casa de Apoio à Criança com Câncer – São Vicente de Paulo.

Ótimo! Somente amanhã, eu poderei dar por encerrada a entrega das doações. E como é o último dia de aula, só colocarei os cartazes para prestar conta acerca dos documentos entregues e assinados pelas respectivas Instituições beneficiadas no ato da entrega dos donativos, em agosto, quando do início do segundo semestre.

4 comentários:

jheniiffer disse...

Show professee e o comentario do lucas quieto milague mesmooo rsrs adorei a fotoo !! Infelismente as criasnças não tiraram fotos mais na outra vez tiraram que bom!! achei interessante esse negocio de artesanato !!

Marli Vieira disse...

Graças a Deus e ao empenho de todos, a primeira arrecadação terminou sem grandes problemas... apenas alguns esquecimentos, os quais foram resolvidos depois.

Realmente, Lucas Melo quieto é algo raro. Será que era saudades suas, Jheniffer? Rsrsrsrs

Tamiris Neves *--* disse...

Enfim, entregamos as gelatinas e leite em pó para as crianças *o*'
a casa de apoio ta linda professora, muito linda, ano passado quando eu fui com a Victória e a Vitória ela era aberta e tinha umas figuras diferentes na parede, agora ta parecendo um mar, com peixes e tudo :D

Marli Vieira disse...

É Tamiris, eles pintaram e segundo a senhora que nos recebeu, primeiramente, eles tiveram que fechar o pátio devido às últimas chuvas, pois entrou água até nos quartos. Em compensação, conforme a mesma disse, na época do verão, o calor é muito elevado no pátio.

Beijos