domingo, 12 de julho de 2009

Estados Unidos da América - 2ª Parte

Estados Unidos da América (Continuação)



Imagem capturada na Internet


Estados e Capitais dos EUA1. Alabama: Montgomery;

2. Alaska: Juneau;

3. Arizona: Phoenix;

4. Arkansas: Little Rock;

5. California: Sacramento;

6. Colorado: Denver;

7. Connecticut: Hartford;

8. Delaware: Dover;

9. Florida: Tallahassee;

10. Georgia: Atlanta;

11. Hawai: Honolulu;

12. Idaho: Boise;

13. Illinois: Springfield;

14. Indiana: Indianopolis;

15. Iowa: Des Moines;

16. Kansas: Topeka;

17. Kentucky: Frankfort;

18. Louisiana: Baton Rouge;

19. Maine: Augusta;

20. Maryland: Annapolis;

21. Massachusetts: Boston;

22. Michigan: Lansing;

23. Minnesota: Saint Paul;

24. Mississippi: Jackson;

25. Missouri: Jefferson City;

26. Montana: Helena;

27. Nebraska: Lincoln;

28. Nevada: Carson City;

29. New Hampshire: Concord;

30. New Jersey: Trenton;

31. New Mexico: Santa Fe;

32. New York: Albany;

33. North Carolina: Raleigh;

34. North Dakota: Bismarck;

35. Ohio: Columbus;

36. Oklahoma: Oklahoma City;

37. Oregon: Salem;

38. Pennsylvania: Harrisburg;

39. Rhode Island: Providence;

40. South Carolina: Columbia;

41. South Dakota: Pierre;

42. Tennessee: Nashville;

43. Texas: Austin;

44. Utah: Salt Lake City;

45. Vermont: Montpelier;

46. Virginia: Richmond;

47. Washington: Olympia;

48. West Virginia: Charleston;

49. Wisconsin: Madison;

50. Wyoming: Cheyenne.



Imagem capturada na Internet

População: Apesar de ser um país populoso, a população dos EUA se encontra mal distribuída em seu território. A grande concentração ocorre na fachada do oceano Atlântico, principalmente entre os Grandes Lagos e a região litorânea.

As áreas de menor densidade demográfica se localizam nas Planícies Centrais, nas regiões desérticas e nas altas montanhas da porção oeste.

A maioria da população é de origem inglesa, existindo também um bom número de descendentes de irlandeses, alemães, italianos e escandinavos, os quais integram a maioria branca da população.

Uma pequena parcela é representada pelos negros (descendentes de escravos), os quais, assim como os imigrantes latinos e asiáticos sofrem muitas formas de preconceito. Esses imigrantes se concentram em Nova York, Miami, Los Angeles e nos estados do sul e sudeste.

Entre as grandes cidades, como Boston, Nova York, Filadélfia, Los Angeles, São Francisco, Washington, destaca-se Nova York, que se constitui em um dos principais centros econômicos e financeiros do mundo. Ela é considerada uma metrópole mundial.

Nova York: Na década de 70 (século XX), Nova York era um antro de drogas e crimes, mas no final dos anos 90 esta se apresentava muito mais segura e o turismo prosperava.
 
Atualmente, suas principais atrações turísticas e culturais envolvem a Ilha de Manhattan, a Estátua da Liberdade, o Museu da Imigração (em Ellis Island), os bairros étnicos de Chinatown ou Little Italy, Soho e Greenwich Village, o local onde se localizavam as torres gêmeas do World Trade Center (o atual Ground Zero), a Wall Street (onde fica a Bolsa de Valores mais famosa do mundo), a famosa 5ª Avenida, o Empire State Building (um dos maiores prédios do mundo), Times Square, os teatros da Broadway e Central Park (considerado o pulmão da cidade).
 
World Trade Center: Situado em Manhattan, o World Trade Center era um dos principais cartões postais dos EUA (as torres gêmeas).
 
Na época de sua inauguração, em 1973, era considerada a construção mais alta do país, com 110 andares e 412 metros de alturas.
 
No dia 11 de setembro de 2001, a cidade foi alvo do maior ataque terrorista da história dos Estados Unidos e do mundo. Dois aviões comerciais sequestrados por extremistas islâmicos da rede terrorista Al Qaeda (Osama bin Laden) se chocaram contra as torres gêmeas do World Trade Center.
 
O jato comercial 767 atingiu a Torre Norte e, dezoito minutos depois, outro jato similar atingiu a Torre Sul. As duas torres sofreram um completo colapso estrutural, desabando, deixando 2.973 vítimas fatais e cerca de 1796 pessoas não foram encontradas.

Neste mesmo episódio e quase ao mesmo tempo, outro jato destruiu parte do Pentágono, o quartel-general da defesa norte-americana.





World Trade Center - Imagens capturadas na Internet

Hoje, a área onde existia o World Trade Center é referenciada pelo termo Ground Zero.
 
Termo este, aplicado para marcar determinados pontos, onde tenha ocorrido graves danos ou destruição em função de explosões de bombas ou tremores de terra, epidemias, bem como outras catástrofes.


Ground Zero - Imagem capturada da Internet

Mont Rushmore: O Monte Rushmore, no estado de Dakota do Sul, é famoso pelas faces esculpidas na montanha de quatro presidentes americanos, George Washington, Thomas Jefferson, Theodore Roosevelt e Abraham Lincoln.
 
A obra foi do pintor e escultor Gutzon Borglum, que levou 15 anos (1927 a 1941) para ficar pronta e teve a participação de 400 homens.
 
Cada rosto tem cerca de 18 m de comprimento, tendo os narizes 6 m de comprimento (à exceção do presidente George Washington, que apresenta o naris mais longo, com 7 m).
 
A idéia do monumento foi de Doane Robinson, um historiador de Dakota do Sul, objetivando atrair mais turistas ao estado. Cerca de 4 milhões de pessoas visitam o monumento todos os anos.


Imagem capturada na Internet

Região dos Grandes Lagos: Formado por cinco lagos (Lagos Superior, Michigan, Huron, Erie e Ontário), os Grandes Lagos constituem-se no maior sistema lacustre do mundo (água doce).

Localizados entre o Canadá e os EUA, a região junto com o rio São Lourenço correspondem a uma zona densamente povoada e centro econômico. Mais de 40% da população do Canadá se concentra na região.

Os Grandes Lagos - Imagem capturada na Internet
 
Grand Canyon: Localizado no Norte do estado do Arizona, na fronteira com o estado de Utah, o Grand Canyon corresponde a uma imensa falha esculpida pelo rio Colorado ao longo de milhares de anos.
 
Apresenta 440 km de comprimento, uma profundidade de cerca de 2 km e uma largura que varia de 7 a 27 km.
 
Em 1908 foi inaugurado o Grand Canyon National Park, que recebe mais de 4 milhões de visitantes por ano.
 
 

Grand Canyon - Imagem capturada na Internet
 
Características Sócio-econômicas: A agricultura nos EUA é bastante desenvolvida e de alta mecanização. A produção é regionalizada, com áreas específicas para cada tipo de cultura (milho, trigo, algodão, etc).
 
 
Cinturões Agrícolas - Imagem capturada na Internet
 
Essas áreas de cultivo de produtos específicos são chamados cinturões (belts), como: o cinturão do trigo (wheat belt), cinturão do milho (corn belt) e o cinturão do algodão (cotton belt).

O processo industrial também pode ser dividido e considerados em “cinturões industriais”.

As indústrias siderúrgica e metalúrgica dos EUA se localizaram próximas às principais fontes de matéria prima, isto é, na região nordeste do país, em torno dos Grandes Lagos e próximo aos Montes Apalaches, local com grande concentração de carvão mineral. Esta aglomeração industrial foi batizada de "Manufacturing belt" (atual "Rust Belt").

Estas deram origem às indústrias de bens de consumo duráveis, como por exemplo, a automobilística em Detroit.

A Região Nordeste do país é a mais industrializada e urbanizada do mundo; o reino das megalópoles e das indústrias, destacando-se, entre as principais cidades, Nova York (também conhecida como a "Big Apple") e Washington.

Na região Sul, boa parte da população é constituída por negros, havendo também presença muito forte de mexicanos, indígenas e outros imigrantes latinos.
 
Essa região sofre influência da corrente quente do Golfo, que ameniza às condições climáticas (temperaturas mais quentes e mais chuvas).
 
As principais atividades são o cultivo de produtos tropicais (algodão, amendoim, tabaco, cana-de-açúcar, arroz) e o turismo (Miami e Orlando).
 
É bastante privilegiada, também, em termos de recursos energéticos, pois não falta energia elétrica (gerada por hidrelétricas) e a ocorrência de carvão e petróleo, que favorece o desenvolvimento industrial (petroquímica, siderúrgia e têxtil).

Na Região das Grandes Planícies, a população é relativamente densa e a cidade mais populosa e industrializada é Denver. As atividades econômicas de maior destaque são a agricultura (milho e trigo) e a pecuária intensiva e extensiva (gado de corte).
 
O petróleo, o gás natural e o carvão também são importantes, sobressaindo o petróleo nos estados do Colorado, Oklahoma e Texas.

Na Região das Montanhas e Desertos, a população é escassa e mal distribuída. Sua atividade econômica principal é a mineração (prata, chumbo, ouro, estanho e cobre). A pecuária extensiva, a exploração de recursos florestais, a agricultura e a indústria de produtos alimentícios também são praticados.
 
O turismo é bastante lucrativo na região, pois existem vários parques nacionais, como o Yosemite, o Yellowstone e o Grand Canyon (rio Colorado).
 
Na Região Oeste, a população é bastante densa. Atualmente, Califórnia é o estado norte-americano mais populoso. As regiões metropolitanas mais importantes são: Los Angeles, São Francisco, San Diego, Seattle e Portland.
 
Apesar dos baixos índices de chuvas da região, as atividades econômicas de maior destaque são: a fruticultura (abacate, damasco, pêssego, amêndoa, azeitona, uva, maçã e framboesa), que são cultivadas com o emprego de técnicas modernas e de sistemas de irrigação; a pesca (salmão, camarão e lagosta); a indústria (naval, eletrônica, aeronáutica, automobilística e cinematográfica) e a mineração (cobre, prata, chumbo, zinco, ouro, urânio e petróleo).

O Alasca possui um imenso território e uma população em franca expansão. Apresenta extensas áreas aproveitáveis para a agricultura, pecuária, a pesca, assim como também para a exploração mineral, pois o seu subsolo é rico (metais preciosos, gás natural e petróleo).

O Havaí, situado no oceano Pacífico, apresenta uma população bastante heterogênea (22% de brancos, 58% japoneses, chineses e filipinos, 17% são mestiços e 2% são polinésios).
 

Sua atividade econômica principal é o turismo, havendo também atividades militares (em virtude da sua localização estratégica) e, em menor grau, a agricultura (abacaxi e cana-de-açúcar) e a indústria.
 
Para conhecer mais sobre os 50 estados dos EUA, clique AQUI

Imagens capturadas da Internet para efeito de ilustração




Miami
Parque Yellowstone


Las Vegas


Disney World - Orlando (Flórida)



Sequóias(Califórnia)



Los Angeles

Estátua da Liberdade

Central Park (Nova York)


São Francisco (Califórnia)


Washington


Alasca


Los Angeles


Boston


Manhattan (Nova York)



Hino Nacional dos Estados Unidos da América

Oh, say can you see, by the dawn's early light,
What so proudly we hailed at the twilight's last gleaming?
Whose broad stripes and bright stars, through the perilous fight,
O'er the ramparts we watched, were so gallantly streaming?
And the rockets' red glare, the bombs bursting in air,
Gave proof through the night that our flag was still there.
O say, does that star-spangled banner yet wave
O'er the land of the free and the home of the brave?
On the shore, dimly seen through the mists of the deep,
Where the foe's haughty host in dread silence reposes,
What is that which the breeze, o'er the towering steep,
As it fitfully blows, now conceals, now discloses?
Now it catches the gleam of the morning's first beam,
In full glory reflected now shines on the stream:
'Tis the star-spangled banner! O long may it wave
O'er the land of the free and the home of the brave.

And where is that band who so vauntingly swore
That the havoc of war and the battle's confusion
A home and a country should leave us no more?
Their blood has wiped out their foul footstep's pollution.
No refuge could save the hireling and slave
From the terror of flight, or the gloom of the grave:
And the star-spangled banner in triumph doth wave
O'er the land of the free and the home of the brave.

Oh! thus be it ever, when freemen shall stand
Between their loved homes and the war's desolation!
Blest with victory and peace, may the heaven-rescued land
Praise the Power that hath made and preserved us a nation.
Then conquer we must, when our cause it is just,
And this be our motto: "In God is our trust."
And the star-spangled banner in triumph shall wave
O'er the land of the free and the home of the brave!



Fontes de Pesquisa:
.
Conheça os EUA
 
 
 
 
 
. Outros

3 comentários:

Tamiris Neves *--* disse...

Professora, como eu disse quando é grande eu não leio rs.
mais eu vi as imagens, eu acho que um dos maiores simbolos do EUA é aquela ponte em São Francisco, você pode reparar que em filmes sempre passam por lá, ou então, ela é destruída. E o letreiro escrito Hollywood também é bastante conhecido.

Anônimo disse...

Na sala de aula o professor após repetir algumas vezes e não obter resultado disse pra um aluno : " o pior cego é aquele que não quer ver" . o aluno que o olhava atentamente respondeu: "hein?!"

Marli Vieira de Oliveira disse...

Anônimo,

Não entendi o seu comentário e, sobretudo, a correlação com o texto.