sábado, 4 de novembro de 2017

Oceanos ≠ Mares


Mapa-Mundi
Imagem capturada na Internet
Fonte: TodaMatéria
 
 Texto atualizado em 05/11/2017 às 8h00
 
Em razão de uma dúvida apresentada por uma pessoa que me indagou, neste espaço, acerca do número de oceanos que a superfície terrestre possui, estou publicando a respeito do assunto e, ao mesmo tempo, a minha resposta.
 
De acordo com o mesmo, no colégio, o filho aprendeu que são apenas três oceanos, o Pacífico, o Atlântico e o Índico. E aí, a dúvida surgiu... São três ou cinco oceanos???

A professora do seu filho assegurou serem estes, os únicos e que não aceitava outra resposta.

 
Pois bem, eu respondi que, até onde sei, ainda são cinco, os oceanos da Terra: o Pacífico, o Atlântico, o Índico, o Glacial Antártico e o Glacial Ártico.
 
E comentei que no meu tempo do antigo primário e ginásio, eu aprendi na escola que eram apenas os três referidos oceanos, mas que, ao passar dos anos, com o desenvolvimento das ciências (das tecnologias, também) e, inclusive, com a Oceanografia, passaram a considerar como oceanos, os até então, os mares glaciais Ártico e Antártico.
 
Sabemos que ambos diferem muito em termos de profundidade em relação aos demais, entre outros aspectos. Mas, eu, particularmente, nunca ouvi falar que houve nova mudança na conceituação dos oceanos, a ponto de rebaixá-los novamente à categoria de mares. O que se tem, na verdade, são divergências quanto à classificação do Glacial Ártico e Glacial Antártico em oceanos. Mas, estas não significam que os mesmos deixaram de ser considerados oceanos e passaram a ser tratados (novamente) como mares. 
 
Prontifiquei-me a buscar respostas com profissionais da área, a fim de que – se tivesse ocorrido realmente a referida mudança (desconhecida por mim) – eu pudesse responde-lo com segurança, assim como me atualizar e retificar-me junto aos alunos e no Blog.
 
Ao mesmo tempo, pesquisei na Internet e, embora, tenha encontrado ambas as referências, o maior número das matérias e artigos apontam para cinco oceanos, inclusive, com base na definição da Organização Hidrográfica Internacional.
 
Entrei em contato com duas universidades brasileiras de renome no país, mas – até o momento – não obtive retorno das mesmas. Apenas uma graduanda do curso de Biologia Marinha, conhecida de uma professora, amiga minha, é que confirmou serem cinco oceanos.
 
De acordo com o que eu pude constatar, não houve nenhuma mudança recente. A princípio, eu fico sempre atenta a isso, justamente, por ser professora regente e responsável por um Blog educativo na área de Geografia.
 
Até mesmo nos livros didáticos tanto do Ensino Fundamental II quanto do Ensino Médio, a citação é de cinco oceanos.
 
O que a gente observa é que alguns mapas de lona, no entanto, apresentam ainda referência de mares glaciais Ártico e Antártico, porque não foram atualizados.

OCEANOS
       Vastas extensões de águas salgadas, profundas, que cobrem grande parte da Terra. 

. Oceano Atlântico: É o mais importante de todos os oceanos (e o segundo maior), tanto por ser o mais movimentado, mais navegável (passageiros e mercadorias) quanto por sua localização geográfica, sobretudo, ao Norte, pois faz comunicação entre as regiões mais avançadas economicamente e desenvolvidas do planeta, ou seja, entre os países desenvolvidos da América (EUA e Canadá) e os do continente europeu.

 Oceano Atlântico
Imagem capturada na Internet
Fonte: Wikipedia
 
. Oceano Pacífico: É o mais extenso dos oceanos, constituindo-se em uma zona de grande instabilidade tectônica, com ocorrência de vulcanismo e abalos sísmicos (terremotos e maremotos). Neste se encontra, também, o maior número e as mais profundas fossas submarinas (Mindanau, 11.684 m; das Marianas, 11.033 m etc.).
 
Obs.: As fossas submarinas são grandes depressões encontradas no fundo dos oceanos.


 Oceano Pacífico

Imagem capturada na Internet

Fonte: Wikipedia

 

. Oceano Índico: É o que apresenta águas com as maiores temperaturas, pelo fato de estar localizado quase totalmente na zona tropical (zona térmica mais quente e úmida da Terra).
 
 Oceano Índico
Imagem capturada na Internet
Fonte: Wikipédia
 
. Oceano Glacial Ártico: É o menor de todos os oceanos.
 
 Oceano Glacial Ártico
Imagem capturada na Internet
Fonte: Mega Arquivo 

 
. Oceano Glacial Antártico: Caracteriza-se por ser totalmente aberto, sendo formado pelo prolongamento das águas dos três grandes oceanos (Atlântico, Pacífico e Índico).
 
  Oceano Glacial Antártico
Imagem capturada na Internet
Fonte: Amigo Pai

MARES
       Corpos de água, menos extensos e menos profundos, localizados juntos à costa litorânea ou no interior dos continentes.
 
Os mares podem ser classificados em três tipos:

. Mares Costeiros ou Abertos: localizam-se junto à costa e correspondem a um prolongamento dos oceanos.
Exemplos: Mar do Caribe, mar do Norte, mar de Barents e mar da China Meridional.

 Mar do Caribe
Imagem capturada na Internet
 

. Mares Continentais, de Interior ou Mediterrâneo*: encontram-se entranhados nos continentes (em seu interior) e comunicam-se com os oceanos ou outros mares através de estreitos.
Exemplos: Mar Vermelho, mar Báltico e mar Mediterrâneo.

 
 Mar Báltico
Imagem capturada na Internet

* Eu, particularmente, não gosto de adotar a denominação "mediterrâneo" para esse tipo de mar, justamente, pela existência do mar com o mesmo nome, o que pode gerar certa confusão, do tipo "o mar Báltico é um exemplo de mar mediterrâneo ou, pior, o mar Mediterrâneo é do tipo mediterrâneo".

. Mares Fechados ou Isolados: encontram-se no interior dos continentes e não fazem comunicação com os oceanos ou outros mares.
Exemplos: Mar Cáspio, mar Aral e Mar Morto.
 
 Mar Cáspio
Imagem capturada na Internet
Fonte: Mundo Real

Obs.: A maior concentração de mares ocorre na Europa e na Ásia.

Se alguém souber da mudança a respeito do número dos oceanos da Terra e, inclusive, a data da referida alteração, peço o favor de entrar em contato comigo, seja por meio deste espaço ou por e-mail (marlioliveira@oi.com.br).

Para saber a origem dos nomes dos oceanos, clique AQUI!

Nenhum comentário: